11/07/2017        SESCON/SC        0 comentários.

Você já parou para pensar que a sua alimentação pode interferir diretamente no seu desempenho?

O Sescon/SC, pensando no bem estar de seus representados, lançou o seu mais novo projeto: o Sescon/SC Saúde. Por meio dele, a entidade irá produzir conteúdos e realizar eventos que darão sugestões sobre hábitos saudáveis.

Uma boa alimentação garante um balanço energético positivo, ou seja, se um profissional come demais, fica obeso. Além disso, uma refeição muito pesada pode comprometer o desempenho profissional, pois a digestão desses alimentos acaba consumindo mais sangue e energia, provocando sono.  Por outro lado, se o profissional comer pouco, fica com a resistência baixa e consequentemente mais suscetível a processos infecciosos.

O almoço é uma refeição, muito importante e não deve nunca ser pulado. Substituí-lo por um lanche rápido acarretará num consumo maior de calorias e menor de nutrientes.

Assim, quando bater aquela fome durante o expediente, também é preciso cuidado para não cair na tentação de consumir alimentos e bebidas que possam afetar seu desempenho, como destaca a nutricionista Maria Eduarda Duarte. “É de extrema importância priorizar a saúde, pois hoje a grande demanda de serviços nas empresas fazem de todos nós, trabalhadores, alvos dos maus hábitos, sobretudo quanto à alimentação. Para fugir desses maus hábitos e ter mais rendimento no trabalho e qualidade de vida o indicado é escolher boas opções como lanchinhos intermediários”.

A nutricionista enfatiza que devemos priorizar lanches que irão saciar e evitar calorias vazias, e sempre como lembramos de saciedade devemos pensar em comida de verdade que em geral são ricas em fibras.

Opções do bem:

Nutricionista Maria Eduarda Duarte – CRN-10 4717P

– Oleaginosas (ricas em gorduras boas), excelente para saciedade. Além de ser uma opção prática para quem não tem muito tempo para comer durante o trabalho. O que devemos cuidar é com a quantidade, apesar disso ser individualizado, mas em geral é recomendado 1 punho de nuts (mão fechada) – amendoas, nozes, avelãs, castanha de caju, etc. A única que devemos cuidar é com a castanha do pará, por serem ricas em selenio apenas 2 unidades por dia já atingimos nossas necessidades diárias.

– Frutas como maçã, pêra, banana prata, pera, morangos, etc, são super práticas. Para maior satisfação, inclua alguma fonte de gordura boa (natural) ou proteína junto com a  fruta (iogurte, sementes, castanhas, coco, ovos, etc)

Bolacha de arroz com pasta de Nuts ou amendoim com frutas picadas. Se você busca torradinhas sem glúten ou outras opções além de pães, bolachas de arroz são uma boa opção. A pasta de amêndoas são ótimas para aumentar sua ingestão de gorduras boas e te deixar mais saciado.

– Devemos tomar cuidado com as opções ‘embaladas’ e sempre pensar no conceito de descascar mais e desembaladar menos. Então evite o consumo de bolachas de pacotinho, barras de cereais ricas em açucares, balas, biscoitos, etc. As barrinhas de cereais ou proteínas são excelentes desde que sejam com base em cereais integrais, com sementes, nuts ou frutas in natura.

Com relação as bebidas, todos sabem que devemos ingerir em média 2 litros de água por dia, no entanto Maria Eduarda afirmar que muitos não se atentam que além de todos os benefícios a ingestão de água durante o dia aumenta a saciedade, reduzindo a compulsão e ansiedade. “A dica é manter sempre um copo grande ou garrafinha em cima da sua mesa de trabalho e colocar metas pequenas por dia – por exemplo – até o almoço ingerir 600 ml – e assim por diante”.

Além da água pode ser consumido chás naturais que nesta época de inverno é uma ótima aposta ou preparar água saborizada na sua própria garrafinha, pois os ativos das frutas ou ervas que forem adicionadas ali passam para a água trazendo um sabor e efeitos benefícios dos ingredientes. Bons exemplos de água saborizada são aquela com pau de canela, alecrim + rodelas de limão, fatias finas de gengibre + folhas de hortelã, frutas vermelhas, etc.

As bebidas que devemos evitar são sucos e chás industrializados e água gaseificadas com sabor, pois todos são ricos em açucares e conservantes não trazendo benefícios à saúde.

“Muitos acham que ingerir o suco de frutas é uma ótima opção, mas quando extraímos o suco da fruta estamos ingerindo apenas a frutose = açúcar da fruta e jogando ‘fora’ suas fibras. Então o indicado é evitar suco de frutas, por mais que sejam integrais, e preferir consumir a fruta in natura e ingerir outros líquidos” destaca a nutricionista.

Assim, fica claro que a alimentação pode ser um aliado para quem busca um melhor desempenho no trabalho e disposição para a correria do dia-a-dia.

Categoria: Notícias

  Comentários

O seu endereço de email não será publicado