12/04/2012        SESCON/SC        0 comentários.

 

Declare Certo em Tubarão

Declare Certo em Tubarão

No último dia 7, Sábado Dia D, em Tubarão, especialistas ligados ao Sescon/SC e Sindicato dos Contabilistas de Tubarão e Região (Sindicont) realizaram a campanha “Declare Certo”. Dezenas de atendimentos foram feitos para esclarecer à população sobre como declarar o imposto de renda corretamente. Os profissionais se revezaram entre 9 e 16 horas.

Eli Oliveira de Souza, presidente do Sindicont, contou que as dúvidas mais frequentes foram relacionadas a dívidas e ônus reais. Souza alerta para o fato de que a cada ano um número maior de pessoas tem retenções de valores a título de imposto retido em alguns meses do ano. “Estas pessoas devem apresentar sua declaração e reaver estes recursos”, ensina. Segundo Patrick Nandi, diretor do Sindicont e Delegado Regional do Sescon/SC, “estes casos ocorrem por que o governo não realiza a correção da tabela do imposto de acordo com a inflação”.

 

A campanha “Declare Certo” continua…

– Joinville, dia 14 de abril, das 9 às 18 horas, na Praça Nereu Ramos, no Centro.

– Caçador, dia 14 de abril, das 9 às 16 horas, no Parque Central.

IRPF 2012

Até as 16h desta segunda-feira (9), a Receita Federal recebeu 7.404.395 declarações de imposto de renda. O número representa 29,6% dos 25 milhões de declarações esperadas este ano.

O prazo termina em 30 de abril. Para quem não entregar a declaração dentro do prazo, a multa mínima é de R$ 165,74.

Estão isentas as pessoas residentes no Brasil que receberam em 2011 rendimentos tributáveis de até R$ 23.499,15. O limite anual de dedução por dependente passou a ser de R$ 1.889,64 e o de despesas com educação, R$ 2.958,23.

Neste ano, o IRPF traz algumas novidades. Os contribuintes têm agora a possibilidade de dedução, ainda na declaração de 2012, dos valores das doações em espécie aos Fundos dos Direitos da Criança e do Adolescente realizadas entre 1º de janeiro até 30 de abril de 2012. O limite é de 3% do imposto devido, observado o limite global de 6% e as demais disposições da Instrução Normativa 1131 de 21 de fevereiro de 2011.

Outra novidade é a obrigatoriedade do uso do certificado digital para entrega das declarações das pessoas físicas com rendimentos tributáveis superior a 10 milhões de reais, sujeitos ao ajuste.

Categoria: Notícias

  Comentários

O seu endereço de email não será publicado