19/09/2011        SESCON/SC        0 comentários.

 

Na inauguração do Sebrae Joinville, Diogo Otero (presidente da Ajorpeme), Elias Nicoletti Barth (presidente do Sescon/SC) e Jaime Dias Júnior (coordenador regional do Sebrae/SC)

Empresários pretigiam o evento: Diogo Otero (presidente da Ajorpeme), Elias Nicoletti Barth (presidente do Sescon/SC) e Jaime Dias Júnior (coordenador regional do Sebrae/SC) – Foto: Claudia Mota

Cerca de 200 pessoas, entre empresários, políticos e lideranças locais, participaram da inauguração do Centro de Educação Empresarial do Sebrae em Joinville nesta segunda-feira, dia 19.

Entre os convidados estava o presidente do Sescon/SC, Elias Nicoletti Barth, que reafirmou a parceria, com o Sebrae, nos projetos orientação e aperfeiçoamento dos empreendedores.
 
Para o coordenador regional do Sebrae/SC, Jaime Dias Júnior, o Centro de Educação Empresarial trás para Joinville um novo conceito de atendimento, não é uma simples mudança de endereço. “Além de ter uma infraestrutura maior para a coordenação regional, também teremos uma estrutura para atender dos os empresários, tanto os candidatos a empresários, como os empresários já estabelecidos. Também vamos oferecer uma estrutura aos empresários que estão a tempo no mercado e precisam buscar competitividade.

O novo espaço, que fica na rua Blumenau, 835, reúne todos os serviços disponíveis pela instituição, como central de atendimento, consultorias, capacitações e espaço para troca de experiências entre empreendedores, integrando as estratégias de atendimento individual. O CEE também terá livraria e videoteca.

Joinville sedia 7% de todas as empresas do Estado, isso representa quase 26 mil micro e pequenas empresas. É destaque também no número de empregos, 9% do total de vagas de trabalho do Estado estão em Joinville.

Sebrae pretende atender mais de 55 mil MPEs e formalizar 21 mil empreendedores em 2012
 
Sebrae/SC afirma que a instituição deve atender mais de 55 mil MPEs e formalizar 21 mil empreendedores individuais no próximo ano. Investimentos ultrapassarão a cifra de R$ 45 milhões.
 
Ampliar a participação do Sebrae em todo o Estado, fomentando a economia catarinense, esta é parte do plano do Sebrae para 2012. Para alcançar essa meta, a instituição pretende investir cerca de R$ 28 milhões em programas e projetos capazes de aumentar a competitividade das micro e pequenas empresas e R$ 17 milhões em ações para sustentar o surgimento de novos negócios. Alcantaro Corrêa, presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae/SC, também aponta a necessidade de aumentar a exportação pelo segmento. “As MPEs precisam exportar mais. Nossos produtos são aceitos no mundo inteiro, é preciso vender para fora do País”, salienta.

Em Sebrea Joinville fica na Rua

O Centro de Educação Empresarial do Sebrae em Joinville fica na Rua Blumenau, 835 – Foto: Divulgação

Outra meta do Sebrae para o próximo ano é ampliar o número de empreendedores individuais formalizados. Entre os benefícios, o diretor administrativo da instituição, Sérgio Cardoso, cita a inclusão do empreendedor no programa Juro Zero, que possibilita o empréstimo de até R$ 3 mil sem juros, e a legalização da atividade. Ousada, a meta é formalizar 21.697 empreendedores individuais em 2012. O montante representa quase metade dos atuais 50 mil formalizados.

O maior investimento da instituição será em orientação e capacitação empresarial. O aporte de R$ 16.815 deve ser suficiente para atender 55.981 micro e pequenas empresas, conforme previsão do Sebrae. A injeção para promover a inovação representará a segunda maior parcela dos valores, mais de R$ 15 mil serão usados para estimular que empresários de MPEs possam encontrar e propor novas soluções em produtos e processos para atender seus mercados.

* texto Claudia Mota e assessoria de imprensa do Sebrae/SC /  a foto do destaque é de Mauro Artur Schlieck/PMJ

Categoria: Notícias

  Comentários

O seu endereço de email não será publicado