16/03/2012        SESCON/SC        0 comentários.

Você tem alguma dúvida sobre o preenchimento da declaração do Imposto de Renda da Pessoa Física 2012?

Então, não pode perder o seminário online sobre o tema com o contador Wagner Mendes, nesta terça-feira, dia 20, das 14 às 18 horas. Mendes é pós-graduado em Gestão em Controladoria, Auditoria e Tributos, pela Fundação Getulio Vargas.

As inscrições podem ser feitas pelo site do Sescon/SC.

O investimento é de R$ 50 para associados do Sescon/SC e R$ 90 para não associados. Mais informações pelo (47) 3433-9849 com a Fernanda.

O conteúdo do seminário inclui:

• Obrigatoriedade de apresentação;
• Documentos necessários para preencher a declaração;
• Modelos da Declaração (Completa e Simplificada);
• Novidades ocorridas na declaração;
• Formas de Preenchimento da Declaração;
• Prazo de entrega;
• Retificação da Declaração;
• Como o contribuinte casado, divorciado e separado entrega a declaração;
• Contribuinte Ausente no Exterior;
• Pessoa Física que adquiriu ou readquiriu a condição de residente no País;
• Instruções de preenchimento das fichas da declaração;
• Penalidades;
• Anexos de ganho de capitais e da atividade rural.

Saiba mais:

O período de entrega da declaração segue até as 23h59m59s do dia 30 de abril. Ao todo, a Receita Federal espera receber 25 milhões de declarações. Dos catarinenses, 970 mil declarações

Estão isentas as pessoas que receberam em 2011 rendimentos tributáveis de até R$ 23.499,15. O limite anual de dedução por dependente passou a ser de R$ 1.889,64 e o de despesas com educação, R$ 2.958,23.

Neste ano, o IRPF traz algumas novidades. Os contribuintes têm agora a possibilidade de dedução, ainda na declaração de 2012, dos valores das doações em espécie aos Fundos dos Direitos da Criança e do Adolescente realizadas entre 1º de janeiro até 30 de abril de 2012. O limite é de 3% do imposto devido, observado o limite global de 6% e as demais disposições da Instrução Normativa 1131 de 21 de fevereiro de 2011.

Outra novidade é a obrigatoriedade do uso do certificado digital para entrega das declarações das pessoas físicas com rendimentos tributáveis superior a 10 milhões de reais, sujeitos ao ajuste.

Categoria: Notícias

  Comentários

O seu endereço de email não será publicado