sesconsc@sesconsc.org.br      (47) 3433-9849

Utilitários

Inicio  ⁄  Utilitários

Ofício nº 011/2016 encaminhado à Fecam sobre Cadastros Municipais x Regin

Arquivo PDF

Benefícios e Vantagens do Associado Sescon/SC

Arquivo PDF

Lista atualizada em Janeiro de 2016

Pedido de Programa Help – Sescon/SC

Documento de texto

Relação de Atividades Sujeitas à CPRB (Anexo I da IN RFB nº 1.436, de 2013)

Arquivo PDF

INSTRUÇÃO NORMATIVA RFB Nº 1607, DE 11 DE JANEIRO DE 2016
(Publicado(a) no DOU de 13/01/2016, seção 1, pág. 11)
Altera a Instrução Normativa RFB nº 1.436, de 30 de dezembro de 2013, que dispõe sobre a Contribuição Previdenciária sobre a Receita Bruta (CPRB), destinada ao Regime Geral de Previdência Social (RGPS), devida pelas empresas referidas nos arts. 7º e 8º da Lei nº 12.546, de 14 de dezembro de 2011.

O SECRETÁRIO DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL, no uso da atribuição que lhe confere o inciso III do art. 280 do Regimento Interno da Secretaria da Receita Federal do Brasil, aprovado pela Portaria MF nº 203, de 14 de maio de 2012, e tendo em vista o disposto nos arts. 7º a 9º da Lei nº 12.546, de 14 de dezembro de 2011 e no art. 15 da Lei nº 13.202, de 8 de dezembro de 2015, resolve:

Art. 1º O Anexo I da Instrução Normativa RFB nº 1.436, de 2013, fica substituído pelo Anexo Único desta Instrução Normativa.

Art. 2º Esta Instrução Normativa entra em vigor na data de sua publicação no Diário Oficial da União.

JORGE ANTONIO DEHER RACHID

Cartilha Perguntas e Respostas sobre Declaração ao COAF

Arquivo PDF

Perguntas e Respostas sobre a aplicação da Resolução CFC n.º 1.445/13

Apresentação Fenacon

Arquivo PDF

Apresentação feita pelo presidente da Fenacon, Mario Berti, durante a cerimonia de lançamento do Enescon/SC 2016 em Chapecó.

Ofício 017/2015 – Esclarecimentos sobre Parcelamentos junto a Receita

Arquivo PDF

Ofício 012/2015 encaminhado à Jucesc

Arquivo PDF

Resposta ao Ofício 012/2015 encaminhado à Jucesc

Arquivo PDF

Oficio da RFB sobre prorrogação para o Alto Vale

Arquivo PDF

As entidades contábeis catarinenses, por meio da Fenacon, solicitaram junto a Receita Federal a prorrogação dos prazos de entrega das obrigações acessórias e tributos vencidos nos últimos 15 dias para empresas catarinenses situadas em municípios afetados por desastres climáticos, em especial na região do Alto Vale do Itajaí.

Em resposta, a Receita Federal por ofício declarou que não há previsão para prorrogação dos prazos sem que haja publicação de decreto estadual que tenha reconhecido o estado de calamidade pública nos munícipios afetados.